terça-feira, 4 de agosto de 2015

Recortes da Caixa de Pandora VIII

Há canções que possuem cheiro de férias, dos livros não lidos, do café que esfriou, da blusa amarrotada, do tempo que passou e da vontade de encontrá-lo.
Há canções que ultrapassam os sentidos e configuram a verdade de alguns momentos, algumas pessoas, alguns lugares.
Há canções que obscurecem o mais iluminado dia, que provocam taquicardia, que deslancham em travesseiros molhados de lágrimas que não se comportam.
Há canções que traduzem a alma, a vida, a morte e toda ideia de Ser e Estar.
Há canções que me compõem, me libertam e me provocam.
Qual tua canção?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pluralize.